Arquivo da tag: indie

Northshore, o novo clipe de Tegan and Sara – a sua próxima banda favorita!

Tegan Rain e Sara Keirsten

Sara Keirsten e Tegan Rain

Tegan and Sara é uma dupla canadense de indie rock. Elas são irmãs gêmeas, iguais mesmo, de 28 anos. A lista de bandas para quem abriram shows é extensa: Gogol Bordello, The Killers, Death Cab For Cutie, Hot Hot Heat, Cake e Weezer, dentre muitos outros. Igualmente ampla é a presença em festivais: Glastonbury, Coachella, Lolapalooza, SXSW…

De 1999 pra cá lançaram seis álbums de estúdio, sendo o último Sainthood, de outubro de 2009. E isso tudo tende a crescer exponencialmente, pois elas são puro talento e estilo.

Luzes e cores em On Directing

Luzes e cores em On Directing

Deste último álbum foi liberado um clipe há 15 dias atrás para a música On Directing. Assim como a música, o vídeo é bem calmo e tem como recursos o uso de luzes e cores.

E hoje foi lançado um clipe para Northshore, este bem mais agitado. A música é rápida, empolgante. Dá vontade de pular, cantar e destruir tudo junto com elas. Super viciante!

Cartazes em Northshore

Cartazes em Northshore

As irmãs estão em um local onde as paredes são forradas por cartazes sobre elas mesmas em branco e preto. Além disso, apenas uma luz azul em determinados momentos e a “explosão” quando elas rasgam os cartazes no final.

Bem, as músicas delas são ótimas e ainda por cima tem clipes bonitos. Por isso ainda tem mais dois que vale muito a pena serem vistos aqui (e tantos outros para serem vistos depois): Alligator e Call It Off.

Alligator (álbum Sainthood) e Call It Off (álbum The Con)

Alligator (álbum Sainthood) e Call It Off (álbum The Con)

Alligator é divertida, alegre… Boa para levantar o astral. O clipe tem uma fotografia muito bonita, com neve de confete e iglu de sacos plásticos. Isso sem contar o figurino!

Call It Of é a mais romântica de todas. Com um visual bem minimalista, simples e “aconchegante”, é o clipe no qual ambas estão com uma aparência mais adulta.

Para ver mais sobre a dupla: www.teganandsara.com

MP3: TeganSara_OnDirecting.mp3

MP3: TeganSara_Northshore.mp3

MP3: TeganSara_Alligator.mp3

MP3: TeganSara_CallitOff.mp3


Se você ainda não conhece, tá perdendo: Lissie.

Lissie

Lissie

Lissie tem a voz, as músicas e a imagem para ser imensa em 2010, é o que diz o Sunday Times.

Bem, eu digo logo que ela tem é tudo! Voz, talento, carisma, um cd ótimo, e muito mais.

Mas quem é ela? Elizabeth Maurus, americana de 28 anos, cantora de música folk/rock. Lançou um EP (Why You Runnin’) em novembro de 2009, assinou contrato com a Sony Music e lançou o primeiro álbum (Catching A Tiger) mês passado. Talvez vocês já tenham ouvido a versão cover que ela fez de Bad Romance, da Lady Gaga, e que deu o que falar! Teve até quem dissesse que era melhor do que a original!

E para os que já estão de saco cheio da Lady Gaga, tem também o cover incrível de Nothing Else Matters, do Metallica.

Em 2008 Lenny Kravitz a convidou para abrir sua turnê depois que um amigo passou para ele o MySpace dela; e antes de lançar o primeiro álbum suas músicas já fizeram parte das trilhas sonoras de House, Grey’s Anatomy, The OC e a lista é longa para caber aqui (gostaram da rima?).

Catching A Tiger tem músicas bem distintas entre si, passando do folk pro rock, por vezes com uma pegada meio country bem sutil. Para quem quer trilhar o atalho mais curto, eu indicaria When I’m Alone, In Sleep (dois primeiros singles do álbum), Cuckoo (single atual), Record Collector e Loosen The Knot. Mas já aviso, o álbum inteiro é uma delícia!

Enfim, assim parece tudo muito rápido e simples, o que não foi. O Music Venue foi atrás da Lissie e conseguiu uma entrevista na qual ela fala sobre a sua música, as turnês, parcerias e ainda se mostra uma querida.

Descobre tudo aí embaixo!

MV: Primeiramente, se apresente. Nos fale, quem é a Lissie de acordo com ela mesma.

L: Bem, eu sou uma cantora…escrevo músicas e toco violão. Eu cresci em Rock Island, Illinois, e atualmente vivo na Califórnia. Eu canto desde quando era uma criança e comecei a tocar violão e escrever músicas na adolescência. Quando eu tinha 20 anos me mudei para Los Angeles para seguir a música como uma carreira e conforme o tempo foi passando eu acabei conseguindo isso! Estou fazendo uma turnê grande pelo Reino Unido agora e acabei de lançar meu primeiro álbum.

No clipe de Cuckoo

No clipe de Cuckoo

MV: Há quanto tempo você está na estrada e como tem sido até agora? Quer dizer, como foi a sua trajetória até agora?

L: Eu fiz um pouco de turnês nos últimos 4 ou 5 anos… e vinha sendo relativamente “desconhecida”. Mas desde outubro de 2009 estou permanentemente em turnê e eu vejo o número de pessoas que conhece a nossa música e gosta de nós crescer a cada show. Tem sido maravilhoso!

MV: Você acabou de lançar o vídeo clipe de When I’m Alone. Como foi estar fazendo isso pela primeira vez e o que você achou?

L: Eu estive em alguns vídeo clipes no passado e achei que eles eram bem chatos…haha! Mas When I’m Alone foi bem divertido de fazer. É um clipe bem direto…com muita performance minha, sem muita atuação, então eu fiquei feliz com isso! Cantar vem naturalmente, atuar não. Eu acabei de fazer outro clipe que vai ter mais uma história acontecendo nele, então é divertido continuar fazendo eles e aprendendo conforme eu faço.

MV: Nesse mesmo clipe você é vista tocando para uma platéia que não parece ser o seu tipo de público. Se você pudesse escolher, quem seria a pessoa especial a assistir da primeira fila o seu show?

L: Hmm…eu não sei. Provavelmente o cara por quem eu estivesse apaixonada no momento! : )

MV: Com o seu primeiro album prestes a ser lançado, quais são suas expectativas?

L: Eu não tinha/não tenho expectativas. Parece tão surreal eu ter esse apoio e entusiasmo das pessoas com a minha música agora. Então eu mantenho minhas expectativas baixas para poder aproveitar quando algo positivo acontece!

MV: É possível notar estilos diferentes entre When I’m Alone e Everywhere I go, por exemplo. Que tipo de som nós encontraremos no seu álbum?

L: Bem, eu escrevi tantas músicas na minha vida até agora. Como uma pessoa que tocou sozinha e apenas escreveu essas músicas simples com violão e voz, eu confiei em produtores e outros músicos para ajudarem a dar a cada faixa individualmente o tratamento que era preciso. Agora que eu venho tocando com a mesma banda há um tempo, eu imagino que as músicas do meu segundo álbum vão ser mais similares entre si, já que vão ser os mesmos músicos tocando em todas elas, em oposição a um monte de músicos diferentes!

MV: Por que você decidiu fazer um cover de Bad Romance? Você é fã da Lady Gaga? Você esperava todo aquele retorno?

L: Porque eu pensei que era uma canção bem escrita e cativante (catchy) e acho que também porque as pessoas não esperariam isso de mim. Eu sou fã da Lady Gaga. Ela é pra valer, tudo aquilo que falam mesmo! E o retorno enorme foi um belo, ainda que inesperado, prazer.

MV: Que outra música você gostaria de fazer um cover?

L: Bob Marley, Grateful Dead, Phish, Bobbie Gentry.

MV: Você já tocou ao vivo com a Ellie Goulding. Com quem mais você gostaria de tocar ou fazer uma música?

L: Eu realmente amo Damon Albarn (vocalista do Blur e Gorillaz) e Brian Burton (Danger Mouse)…essas seria minha colaboração dos sonhos, eu acho!

MV: Você está agendada para tocar em vários festivais grandes, como, Oxegen, T in The Park, Latitude e Glastonbury, neste último tocando duas noites. Como é tocar para multidões tão grandes?

L: Eu amo isso tudo! As pessoas geralmente estão com um humor realmente bom em festivais, então isso é somado a energia da multidão!

MV: E finalmente, de acordo com o seu site você está muito ocupada até setembro. Depois disso, algum plano de vir pro Brasil?

L: Eu estou ocupada pelos próximos 2 anos, eu acho! Haha… Eu amaria ir ao Brasil. Se parecer que tem um público para minha música se formando aí, eu definitivamente iria! Eu amaria ir aí em férias! Eu nunca fui!

E por fim o clipe do novo single, Cuckoo, onde a Lissie aparece lado a lado com um mini-clone!

Para ouvir mais: http://www.myspace.com/lissiemusic

Chegou a hora de voltar a brincar de bonecas! Com vocês, Doll & The Kicks!

Doll & The Kicks

Doll & The Kicks é uma banda de Brighton, na costa da Inglaterra, formada pela misteriosa-vocalista-de-peruca Doll (se não é peruca então ela frequenta o mesmo cabeleireiro que o Justin Bieber!), Oliver, Matt e Chris.

Eles fazem…música boa! Um indie-rock, às vezes, eletro-pop fabuloso! E não sou só eu quem pensa isso não, em novembro de 2008 Morrisey em pessoa pediu à banda que fizesse a abertura de sua turnê européia de 2009. Confere até o fim que eu garanto que não vai rolar arrependimento!

Começando lento, com If You Care, que é a música para os broken hearts, mas capaz de agradar a qualquer um!

Repara que Doll é blasé, mas comparando com o vídeo abaixo, de You Turn Up, dá pra ver que ela está guardando o melhor da loucura para performances que envolvam interação com o público! Arriscaria dizer que vem aí algo próximo da Karen-O!

No início do vídeo aparece uma mensagem dizendo que o Doll & The Kicks promoveu um concurso pra ir tocar na casa de algum sortudo e acabou dando nisso aí tudo! Eu não levo muita fé, mas se fosse verdade eu ficaria bem feliz que eles tivessem tocado na minha…

Tem também Roll Up The Red Carpet, que é pra tirar do chão até quem já está na valeta em fim de festa!

Apesar de toda essa pose a banda fez um cover da Ke$ha alterando completamente o arranjo da música, é diferente de todos os covers de Tik Tok já vistos pelo YouTube, é melhor!

E mesmo com todo esse talento a banda ainda não tem contrato assinado com nenhuma gravadora. Vê se pode!

Gente, pelo amor de Deus alguém dá um cutucão no Simon Cowell, porque a Sony tá perdendo de ganhar dinheiro!!!

Para ouvir mais da banda corre no Myspace: http://www.myspace.com/dollandthekicks

MP3: Doll_kicks_tik_tok_cover.mp3

MP3: Doll_kicks_youturnup_remix.mp3


Flashover, saindo do forno a nova do Klaxons.

Klaxons

Klaxons

Flashover, a nova música do Klaxons tá no site dos caras desde agora a tarde. Pode escutar aqui mesmo, aí embaixo.

Sem lançar disco novo desde o Myths Of The Near Future, que fez eles estourarem em 2007, os integrantes da banda  prometem terminar o novo álbum entre agosto e setembro desse ano.

O grupo tem presença confirmada no Reading Festival 2010, em agosto, o que esquenta a especulação sobre a saída do álbum ainda no início de agosto.

Por enquanto, vale ir ouvindo Flashover e ir sonhando com um dos discos mais esperados desse ano.

Mp3: klaxons_flashover.mp3